Mayday 2007: modo de usar

 Pode ser um grupo de intermitentes que ocupa o espaço audio-visual para dar a conhecer as suas condições de trabalho. Uma orquestra de samba que irrompe num centro comercial numa manhã cinzenta de sábado. Imigrantes que se concentram para exigir documentos.

Podem ser operadores de call-center que partilham entre si os segredos da profissão, de maneira a  furtarem-se ao controlo informático patronal. Caixas de supermercado que se “enganam” a favor dos clientes. Empregados de lojas de roupa que saem do trabalho estranhamente bem vestidos.

Podem ser greves, manifestações, sabotagem, afixação de cartazes, distribuição de panfletos, negociações salariais ou um contrato colectivo de trabalho.

Tantas são as figuras da precariedade que ninguém pode dizer com segurança quais serão as formas de luta, ou de contratualização, que podem emergir dos múltiplos contextos laborais pelos quais esta se difunde.

O Mayday, surgido em Milão em 2001 e espalhado desde então a várias cidades europeias, não pretende  representar os e as precári@s, muito menos efectuar reivindicações em seu nome. Trata-se de um momento em que os múltiplos sujeitos do trabalho precário se encontram, exprimem e comunicam das mais diversas maneiras, partilhando os seus quotidianos, os seus desejos, a sua criatividade e as suas formas de resistência.

 Entre a expressão do ódio ao trabalho e a exigência de direitos laborais existe um vasto campo da sociabilidade precária – não necessariamente harmonioso e ordenado, mas seguramente rico em diferenças e possibilidades – que pode ser a base de um percurso colectivo de mobilização, conflito e emancipação.

A nossa precariedade ainda pode sair muito cara.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: